História da Segsat

Com apenas 17 anos, o empresário Sérgio Neves Baptista começou a empreender. Aos 27 anos, em 2000, montou a SEGSAT, sendo pioneiro no segmento de rastreamento no nordeste. No inicio o foco eram as transportadoras, com o monitoramento de cargas, que foi essencial para entender a conexão entre a sua oferta e as seguradoras de veículos que se tornariam importantes atores em sua trajetória, provocando o crescimento e expansão do negócio.

Por quase dez anos, a dependência excessiva das seguradoras, que respondiam por 90% do seu faturamento, fez com que a SEGSAT buscasse novos nichos, como o mercado sem seguro e gestão de frotas. Nessa época, Octávio Magalhães passou a integrar a sociedade. Ele havia atuado na Sul América Seguros por três décadas, onde foi diretor regional NE e trouxe maioridade organizacional para a próspera SEGSAT, sendo fundamental na estruturação da empresa para o crescimento que estaria por vir. Com ele, mais experiente, Sérgio ganhou também um conselheiro.

Além desse movimento, a sociedade com o Grupo Parvi (da família Schwambach, que administra 80 concessionárias de veículos no País) produziu outro modelo de negócio em que a SEGSAT provê a tecnologia e a infraestrutura e as concessionárias funciona como um canal de vendas e instalação dos rastreadores.

Com presença comercial nas concessionarias e vendas online no Brasil, a SEGSAT vem crescendo exponencialmente e transformando esse crescimento em mais tecnologia e qualidade, sendo referência para o mercado de rastreamento e segurança eletrônica brasileiro.